Feeds:
Posts
Comentários

A Volkswagen agora não poderá mais guardar segredo sobre a nova Spacefox. Os hermanos receberam a versão antes de nós, que lá é chamada de Suran.

Confira as fotos:

Fonte: Argentina Blog

A fábrica de Motores da Volkswagen do Brasil em São Carlos (SP) acaba de alcançar o marco histórico de 5 milhões de motores produzidos desde o início da operação da unidade, em outubro de 1996. A unidade é a terceira maior fábrica de motores do Grupo Volkswagen, ficando atrás somente de Salzgitter (Volkswagen), na Alemanha, e Györ (Audi), na Hungria.

Quase 50% destes 5 milhões de motores foram produzidos nos últimos quatros anos. Em 1997, foram 262 mil e a previsão para 2010 é atingir 880 mil motores. Isso deve-se ao crescimento do mercado e à expansão gradual da unidade de São Carlos.

A produção atende ao mercado doméstico e também à exportação. Hoje, para o mercado brasileiro, 100% dos motores recebem a tecnologia bicombustível Total Flex, que também é destinada para equipar o SpaceFox, produzida na Argentina. Para o mercado externo são produzidos motores para veículos movidos a gasolina, que são exportados principalmente para Argentina e México.

Atualmente, a fábrica de São Carlos produz 3 mil motores diariamente, em 42 modelos diferentes, de 1.0 a 2.0 litros, os quais equipam a maioria dos carros comercializados pela empresa. São propulsores eficientes, econômicos, de alta qualidade e desempenho, produzidos em linhas de montagem com elevado nível de tecnologia, com especial destaque para as 44 estações automáticas e nove robôs.

Fonte: Maxpress

O recall, chamado das montadoras de automóveis para corrigir eventuais falhas detectadas em peças ou sistemas de um veículo, não é lembrado pela maioria dos brasileiros.

A análise é resultado de um estudo realizado em março de 2010 pela GfK, quarta maior empresa de pesquisa de mercado no Brasil e no mundo, com 1.000 pessoas a partir dos 18 anos de idade.

De acordo com a pesquisa, 62% dos entrevistados não se lembram de um recall de automóveis, sendo que as mulheres são as que menos se recordam. 71% das entrevistadas do sexo feminino afirmaram não se lembrar da medida; entre os homens o índice é de 51%.

O recall também não está muito presente na lembrança dos jovens. 69% dos entrevistados com idades entre 18 e 24 anos disseram que não se lembravam de um recall.

O estudo mostrou ainda que os entrevistados das classes C e D são os que menos conhecem o recall. 75% reponderam negativamente quando questionados se lembravam de algum recall automotivo; na classe AB o número cai para 48%.

Quando avaliada por região, a recordação de um recall está menos presente no Nordeste. 71% dos entrevistados da região responderam negativamente quando questionados se lembravam de algum recall.

Entre os entrevistados, a marca mais lembrada foi a Fiat, com 14%, seguida da Volkswagen, com 11%, e da Toyota, com 9%. Com menores menções, foram também citadas Nissan, Citroën e Mitsubishi.

Fonte: LVBA Comunicação

Pra você que é fã desse novo supercarro da Mercedes. Está aí uma versão preparada para a GT3 dando uma volta.

Há mais de 23 anos no mercado, a Oficina Brasil – Maior Rede de Oficinas Automotivas do País, reuniu dicas que valorizam o carro para quem está pensando em vender.

O consultor técnico da rede, Antonio Cesar Costa, dá orientações importantes que auxiliam o proprietário a ter um carro sempre em bom estado, agregando inclusive valor na hora da venda. Segundo ele, manter a boa manutenção do veículo, prevenindo problemas técnicos, principalmente relacionados aos freios, e a parte externa em bom estado é o que mais atrai a atenção do futuro comprador. Veja abaixo quais os principais pontos avaliados na hora da venda do veículo:

Sistema de Freios – Pastilhas e Discos

O sistema de freios diz muito sobre o tratamento que era dado ao veículo, é importante lembrar que a troca de freios e pastilhas requer também cuidado com o disco de freios. Verifique se ele está muito gasto e se também não precisa de reparo ou troca. O sistema de freio inclui as quatro rodas, por isso falamos em traseiro (freio de mão) e dianteiro (freio pedal). Mantenha ambos conservados, o sistema de freios é o responsável pela maioria dos acidentes.
Exaustão
Mantenha sempre em ótimo funcionamento, ele é o principal responsável pela emissão de gases poluentes e principalmente consumo em excesso de combustível, fato crucial para o comprador que opta sempre pela economia.
Sistema de Injeção
Verifique sempre o prazo correto de troca de cada item responsável pela injeção eletrônica do carro: correias, velas, cabos, filtros e bicos injetores. São detalhes que podem comprometer a estrutura do veículo, causando ruídos que podem demonstrar mal estado do carro.
Sistema de Rodagem
Pneus e Rodas: pneus carecas, nem pensar! Os pneus devem estar sempre revisados. É importante dar uma atenção especial também para as rodas que não podem estar amassadas ou avariadas, isso pode comprometer todo o sistema de suspensão do carro.  Às vezes uma leve trepidação do carro, que não consideramos tão importante, com o passar do tempo pode se tornar um perigo e afetar todo o sistema de rodagem.
O bom funcionamento do motor é algo simples
Manter o motor sempre lubrificado (óleo) e refrigerado (água) é algo bem simples, mas é um item geralmente esquecidos pelos motoristas. Verifique sempre os níveis de água e óleo, fique atento para possíveis vazamentos e faça a troca do óleo sempre que necessário. Isso demonstra ao comprador que o automóvel foi bem cuidado.

Detalhes que parecem simples podem fazer a diferença: guarde todos os comprovantes das manutenções, serviços e trocas que realiza em seu veículo. Isso é de extrema importância e valoriza muito o veículo na hora da venda, sem contar que ainda ajuda a estar sempre em dia com os prazos e informações do carro.

Fonte: INÉDITA COMUNICAÇÃO

Estamos de volta

Infelizmente tivemos uns problemas com invasão da nossa conta, o que apagou todos os dados e tivemos nosso login e senha roubados também. Mas conseguimos recuperar tudo e estamos de volta com as melhores notícias do mundo automotivo!!!

Agora manteremos este endereço para o novo blogseucarro e o antigo ainda estará disponível, visite-nos no http://www.blogseucarro.wordpress.com

Depois de apresentar o Novo Fox 2010, totalmente reestilizado, chegou a vez da versão aventureira ser mostrada, o Crossfox 2010 começa a ser vendido em dezembro, com a nova identidade visual da empresa e sem preço divulgado por enquanto.

Na traseira o suporte do estepe externo tem um novo sistema elétrico em que permite a abertura do porta-malas automaticamente após a abertura completa do suporte. O sistema também ganhou uma mola a gás para que o suporte permanece aberto.

O CrossFox 2010 vem de série com direção hidráulica, ar-condicionado, vidros e travas elétricas, setas de direção integradas nos retrovisores externos além da regulagem de altura e profundidade do volante. As rodas de série são de 15 polegadas, ficando as de liga leve como item opcional.

Foto: Carro Online

Em apenas 100 dias de comercialização o novíssimo Honda City já ultrapassou a marca de nove mil unidades emplacadas (9.665) até outubro, último dado disponível. Somente no último mês foram vendidos 3.126 carros.

O novo sedã foi anunciado ao mercado no final de julho por meio de campanha criada pela Fischer e veiculada em TV, rádio, revista, jornal, outdoor, cinema e Elemídia, com ações de internet assinadas pela BG Interativa.

A comunicação do City está focada no público urbano e apresenta o conceito de um carro “Exato” para quem vive nas cidades.

Seu desempenho já o coloca entre os carros mais vendidos na categoria dos sedãs.

Na internet, o tempo médio de permanência dos visitantes no hot site do City (www.novahondacity.com.br) no lançamento foi de 4,5 minutos, com taxa de desistência (conhecida como bounce rate), de apenas 3%, quando o mercado trabalha com níveis aceitáveis de 20%.

Outros modelos nacionais da Honda também vem sendo destaque neste ano. O New Fit – que acaba de ganhar nova campanha de sustentação – já emplacou mais de 40 mil unidades (42.753) e se tornou o mais vendido em sua categoria.

Já o New Civic, que também voltou à mídia recentemente, atingiu 43.744 unidades comercializadas em toda a temporada e se mantém na liderança entre os sedãs médios nacionais.

A Chevrolet apresentou nesta segunda-feira (16) o lançamento de duas novas versões da pick-up Montana 1.4 Econo.Flex: Arena e Sport. A primeira versão, a Montana Arena, tem um visual mais despojado e chega ao mercado com preço inicial de R$ 35.087. A segunda versão, a Montana Sport, traz como novidade o motor 1.4 por R$ 38.787, pois antes era oferecida somente com motor 1.8.

A Chevrolet atualizou a sua picape Montana, agora ela tem duas versões do modelo 1.4, a Arena e Sport. A primeira tem visual mais despojado e chega ao mercado a partir de R$ 35.087, já a Sport, tem o mesmo visual que sua versão 1.8 porém com motor 1.4 e chega a partir de R$ 38.787.

Os equipamentos de série são ar-condicionado, direção hidráulica, capota marítima, faróis de neblina, faróis com regulagem de altura e máscara negra. Na prática, a Montana Arena entrega o mesmo visual da versão de entrada Conquest, o que inclui as rodas de liga leve de 14 polegadas, barra de proteção no vidro traseiro, santo-antônio, brake-light, molduras nos para-lamas, mas tem adesivos laterais e na tampa da caçamba que a diferenciam da configuração de entrada.

A Montana Sport 1.4 Econo.Flex também conta com bancos com regulagem de altura, vidros e travas com acionamento elétrico, painel de instrumentos com acabamento em tom de alumínio, tecidos dos bancos e da forração das portas com desenho exclusivo em vermelho.

Mesmo tendo volume baixo de vendas, a Montana 1.8 Sport não será descontinuada. A novidade é que esta versão passa a contar de série com airbag e freios ABS, o que levou seu preço para R$ 46.383 (antes a versão com estes itens saia por R$ 50.165).