Feeds:
Posts
Comentários

Depois de apresentar o Novo Fox 2010, totalmente reestilizado, chegou a vez da versão aventureira ser mostrada, o Crossfox 2010 começa a ser vendido em dezembro, com a nova identidade visual da empresa e sem preço divulgado por enquanto.

Na traseira o suporte do estepe externo tem um novo sistema elétrico em que permite a abertura do porta-malas automaticamente após a abertura completa do suporte. O sistema também ganhou uma mola a gás para que o suporte permanece aberto.

O CrossFox 2010 vem de série com direção hidráulica, ar-condicionado, vidros e travas elétricas, setas de direção integradas nos retrovisores externos além da regulagem de altura e profundidade do volante. As rodas de série são de 15 polegadas, ficando as de liga leve como item opcional.

Foto: Carro Online

Anúncios

Em apenas 100 dias de comercialização o novíssimo Honda City já ultrapassou a marca de nove mil unidades emplacadas (9.665) até outubro, último dado disponível. Somente no último mês foram vendidos 3.126 carros.

O novo sedã foi anunciado ao mercado no final de julho por meio de campanha criada pela Fischer e veiculada em TV, rádio, revista, jornal, outdoor, cinema e Elemídia, com ações de internet assinadas pela BG Interativa.

A comunicação do City está focada no público urbano e apresenta o conceito de um carro “Exato” para quem vive nas cidades.

Seu desempenho já o coloca entre os carros mais vendidos na categoria dos sedãs.

Na internet, o tempo médio de permanência dos visitantes no hot site do City (www.novahondacity.com.br) no lançamento foi de 4,5 minutos, com taxa de desistência (conhecida como bounce rate), de apenas 3%, quando o mercado trabalha com níveis aceitáveis de 20%.

Outros modelos nacionais da Honda também vem sendo destaque neste ano. O New Fit – que acaba de ganhar nova campanha de sustentação – já emplacou mais de 40 mil unidades (42.753) e se tornou o mais vendido em sua categoria.

Já o New Civic, que também voltou à mídia recentemente, atingiu 43.744 unidades comercializadas em toda a temporada e se mantém na liderança entre os sedãs médios nacionais.

A Chevrolet apresentou nesta segunda-feira (16) o lançamento de duas novas versões da pick-up Montana 1.4 Econo.Flex: Arena e Sport. A primeira versão, a Montana Arena, tem um visual mais despojado e chega ao mercado com preço inicial de R$ 35.087. A segunda versão, a Montana Sport, traz como novidade o motor 1.4 por R$ 38.787, pois antes era oferecida somente com motor 1.8.

A Chevrolet atualizou a sua picape Montana, agora ela tem duas versões do modelo 1.4, a Arena e Sport. A primeira tem visual mais despojado e chega ao mercado a partir de R$ 35.087, já a Sport, tem o mesmo visual que sua versão 1.8 porém com motor 1.4 e chega a partir de R$ 38.787.

Os equipamentos de série são ar-condicionado, direção hidráulica, capota marítima, faróis de neblina, faróis com regulagem de altura e máscara negra. Na prática, a Montana Arena entrega o mesmo visual da versão de entrada Conquest, o que inclui as rodas de liga leve de 14 polegadas, barra de proteção no vidro traseiro, santo-antônio, brake-light, molduras nos para-lamas, mas tem adesivos laterais e na tampa da caçamba que a diferenciam da configuração de entrada.

A Montana Sport 1.4 Econo.Flex também conta com bancos com regulagem de altura, vidros e travas com acionamento elétrico, painel de instrumentos com acabamento em tom de alumínio, tecidos dos bancos e da forração das portas com desenho exclusivo em vermelho.

Mesmo tendo volume baixo de vendas, a Montana 1.8 Sport não será descontinuada. A novidade é que esta versão passa a contar de série com airbag e freios ABS, o que levou seu preço para R$ 46.383 (antes a versão com estes itens saia por R$ 50.165).

O “Family Car” da Fiat ganha uma nova versão, e, ao contrário da anterior, recebe muitos elogios por ser realmente muito bonita e com visual moderno.

Vale destacar a inclusão do novo motor 1.4 8V Flex de 85 cv de potência (100% gasolina) e 86 cv (100% álcool) na linha Doblò para as versões 1.4, ELX e Cargo. Ele já equipa os modelos da família Palio – inclusive a picape Strada  –  e o Fiat Punto. Já as versões HLX e Adventure Locker do novo Doblò são equipadas com o motor 1.8 Flex, que está presente também na versão Cargo.

Sendo assim o Novo Dobló fica com as seguintes versões, seguidas de sua motorização:

  1.4 ELX 1.4 HLX 1.8 Adventure

Locker

Cargo 1.4 Cargo 1.8
Motor 1.4 Flex 1.8 Flex 1.4 Flex 1.8 Flex
Potência 85 cv (gas.)

86 (álc.)

112 cv (gas.)

114 cv (álc.)

85 cv (gas.)

86 (álc.)

112 cv (gas.)

114 cv (álc.)

Torque 12,4 kgfm (gas.)

12,5 kgfm (álc.)

17,8 kgfm (gas.)

18,5 kgfm (álc.)

12,4 kgfm (gas.)

12,5 kgfm (álc.)

17,8 kgfm (gas.)

18,5 kgfm (álc.)

Vale destacar a inclusão do novo motor 1.4 8V Flex de 85 cv de potência (100% gasolina) e 86 cv (100% álcool) na linha Doblò para as versões 1.4, ELX e Cargo. Ele já equipa os modelos da família Palio – inclusive a picape Strada  –  e o Fiat Punto. Já as versões HLX e Adventure Locker do novo Doblò são equipadas com o motor 1.8 Flex, que está presente também na versão Cargo. 

Agora todas as colunas são revestidas e os novos painéis de portas trazem apóia-braço na traseira. Os quadros de instrumentos também mudaram. Nas versões com motor 1.4, ele mostra as funções de velocímetro, conta-giros, marcador gradual de temperatura da água e do nível de combustível e um display digital exibe as informações do hodômetro, relógio, computador de bordo e My Car Fiat. 

O interior do Fiat Doblò Adventure Locker traz tecidos de revestimentos exclusivos, bússola e inclinômetros transversal e longitudinal agora instalados na parte dianteira do teto. O painel de instrumentos, exclusivo da versão, traz a inscrição “Adventure” e serigrafia diferenciada.

 

A marca inicia mais esta etapa da campanha de divulgação do novo carro com ações exclusivas e pioneiras em Belo Horizonte (MG) e Rio de Janeiro (RJ)
 
A Chevrolet deu início nesta sexta-feira (06/11/2009), a mais uma etapa da campanha de lançamento do Agile, o novo carro da marca no País. Trata-se do “Test Drive Delivery”, ação inovadora e pioneira no setor automobilístico, que coroa o êxito do primeiro veículo da plataforma Viva – 100% desenvolvido no Brasil, com tecnologia e design nacionais e traz a nova identidade visual global de veículos da Chevrolet no mundo -, que chegou para disputar o competitivo segmento brasileiro dos hatchbacks compactos.

Para esta iniciativa a marca desenvolveu um hotsite específico, para que os interessados em participar de um “test drive” no Agile, possam fazer inclusive o agendamento online. Uma vez agendado, a equipe responsável pelo programa recebe uma mensagem fornecendo o endereço e a referência para a localização do solicitante.

Para se cadastrar ao “Test Drive Delivery“, o cliente pode acessar o hotsite do Agile desde a última quarta-feira (04/11/2009), e isto pode ser feito por meio do link (www.chevrolet.com.br/agile), que está ativo antes mesmo do lançamento oficial do modelo no mercado brasileiro, permitindo as ações de pré-lançamento do automóvel.

 

O consórcio israelense Better Place vai investir nos próximos seis anos US$ 1,1 bilhão para viabilizar seu modelo de carro elétrico. Esse montante irá basicamente para a compra de baterias e montagem de pontos de troca e recarga em Israel.

Uma análise do Deutsche Bank sobre carros elétricos concluiu que o modelo israelense é econômico pela diferença entre o preço da eletricidade e o da gasolina. O banco estima que, à medida que os preços globais do petróleo estão subindo e os governos incentivam a fabricação de carros livres de emissões de dióxido de carbono, a diferença em favor do carro elétrico se ampliará ainda mais, tornando o modelo do Better Place mais atrativo.

O Deutsche Bank estima que, por volta de 2016, com 110 mil veículos elétricos, a empresa dominará 5% do mercado de carros de Israel.

Inédito no mercado financeiro, a meta do HSBC para o produto é realizar a primeira assembléia do grupo de consorciados ainda este ano.

O HSBC acaba de lançar o primeiro consórcio de automóveis importados do setor financeiro. Voltado para o público de alta renda, correntistas ou não, o produto tem créditos disponíveis entre R$ 119,5 mil e R$ 234 mil com referência nos modelos das marcas Audi, Mercedes-Benz, BMW, Mini Cooper e Volkswagen. A taxa de administração é de 10% no período, uma das menores do mercado, e o plano de pagamento é de até cem meses. Ao contratar o consórcio, o cliente tem incluído um de seguro de vida. Em caso de morte ou invalidez permanente, o plano é quitado e os valores são devolvidos ao beneficiário do consorciado.

Serão três contemplações por mês: uma por sorteio e duas por lance (dependendo da disponibilidade financeira do grupo), sendo que o cliente pode utilizar até 40% do valor total do crédito como lance.

Para Antônio Barbosa, diretor de Consórcio e Crédito Imobiliário do HSBC, “Com o dólar em queda, a venda de automóveis importados aumentou 30% de janeiro a outubro deste ano se comparado ao mesmo período de 2008. Esperamos, com este novo consórcio, atender essa crescente demanda de clientes que, normalmente, já possuem automóvel e casa própria e querem realizar o sonho de ter um carro de luxo.”