Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘automóvel’

Há mais de 23 anos no mercado, a Oficina Brasil – Maior Rede de Oficinas Automotivas do País, reuniu dicas que valorizam o carro para quem está pensando em vender.

O consultor técnico da rede, Antonio Cesar Costa, dá orientações importantes que auxiliam o proprietário a ter um carro sempre em bom estado, agregando inclusive valor na hora da venda. Segundo ele, manter a boa manutenção do veículo, prevenindo problemas técnicos, principalmente relacionados aos freios, e a parte externa em bom estado é o que mais atrai a atenção do futuro comprador. Veja abaixo quais os principais pontos avaliados na hora da venda do veículo:

Sistema de Freios – Pastilhas e Discos

O sistema de freios diz muito sobre o tratamento que era dado ao veículo, é importante lembrar que a troca de freios e pastilhas requer também cuidado com o disco de freios. Verifique se ele está muito gasto e se também não precisa de reparo ou troca. O sistema de freio inclui as quatro rodas, por isso falamos em traseiro (freio de mão) e dianteiro (freio pedal). Mantenha ambos conservados, o sistema de freios é o responsável pela maioria dos acidentes.
Exaustão
Mantenha sempre em ótimo funcionamento, ele é o principal responsável pela emissão de gases poluentes e principalmente consumo em excesso de combustível, fato crucial para o comprador que opta sempre pela economia.
Sistema de Injeção
Verifique sempre o prazo correto de troca de cada item responsável pela injeção eletrônica do carro: correias, velas, cabos, filtros e bicos injetores. São detalhes que podem comprometer a estrutura do veículo, causando ruídos que podem demonstrar mal estado do carro.
Sistema de Rodagem
Pneus e Rodas: pneus carecas, nem pensar! Os pneus devem estar sempre revisados. É importante dar uma atenção especial também para as rodas que não podem estar amassadas ou avariadas, isso pode comprometer todo o sistema de suspensão do carro.  Às vezes uma leve trepidação do carro, que não consideramos tão importante, com o passar do tempo pode se tornar um perigo e afetar todo o sistema de rodagem.
O bom funcionamento do motor é algo simples
Manter o motor sempre lubrificado (óleo) e refrigerado (água) é algo bem simples, mas é um item geralmente esquecidos pelos motoristas. Verifique sempre os níveis de água e óleo, fique atento para possíveis vazamentos e faça a troca do óleo sempre que necessário. Isso demonstra ao comprador que o automóvel foi bem cuidado.

Detalhes que parecem simples podem fazer a diferença: guarde todos os comprovantes das manutenções, serviços e trocas que realiza em seu veículo. Isso é de extrema importância e valoriza muito o veículo na hora da venda, sem contar que ainda ajuda a estar sempre em dia com os prazos e informações do carro.

Fonte: INÉDITA COMUNICAÇÃO

Read Full Post »

Hoje em dia muitos motoristas não se preocupam com a manutenção de seus pneus, mas isso muitas vezes ocorre por falta de instruções ou dicas.

pneus-goodyear

Para ajudá-los na escolha e manutenção dos pneus, a Goodyear destacou algumas recomendações que o motorista deve seguir para garantir um bom desempenho, durabilidade e segurança para todos:

Escolha o pneu correto: Verifique se o desenho da banda de rodagem, o índice de carga e o símbolo de velocidade, são compatíveis com o recomendado pela montadora verificando o manual do fabricante do veículo, sempre respeitando essa recomendação em caso de reposição. Para saber mais sobre os dados obtidos na lateral dos pneus clique aqui.

Nunca misture pneus de marcas, medidas, tipo de construção (radial ou convencional) e desenhos da banda diferentes, bem como pneus novos com usados ou reformados. E, por último, se repor apenas dois pneus (veículos de passeio), instale-os no eixo traseiro do veículo.

Verifique a pressão de ar: Por ser um dos fatores críticos que afetam o desgaste do pneu e, conseqüentemente, sua vida útil, a pressão de ar deve ser checada semanalmente ou, no máximo, a cada 15 dias. Muito importante é checar a pressão quando os pneus estão frios, de manhã, evitando que o pneu rode longas distâncias e usar a pressão especificada pelo fabricante do veículo.

Balanceamento: O balanceamento das rodas deve ser feito sempre que for realizada a troca dos pneus, o rodízio ( recomendado a cada 5 mil quilômetros) ou algum reparo no pneu ou na câmara de ar. Outros indícios de que o serviço deve ser feito são sinais de vibração ou desgaste irregular na banda de rodagem. Ele é importante porque rodas desbalanceadas danificam os pneus, diminuem sua vida útil e provocam desconforto ao dirigir.

Alinhamento: O alinhamento é indicado para oferecer uma eficiência maior da rodagem do pneu, melhor dirigibilidade e eficiência na hora de esterçar. A maneira mais simples de saber se há necessidade de alinhamento é prestar atenção se os pneus estão “cantando” nas curvas e se o volante fica descentralizado nas retas.

Rodízio: O rodízio deve ser feito a cada 5 mil quilômetros, indicado para compensar diferenças em desgastes, permitindo um aumento em quilometragem e em eficiência e proporcionando boa estabilidade, especialmente em curvas e freadas. Importante: o primeiro rodízio do veículo é o mais importante. Cada veículo possui um esquema específico de rodízio (dependendo do tipo de tração, tipo de veículo, etc), portanto o ideal é consultar um revendedor oficial para saber qual é o  recomendado para o seu.

Esperamos que essas dicas tenham sido construtivas, para mais algumas matérias sobre manutenção do carro, clique aqui, aqui, aqui e aqui

Read Full Post »

Após soltarem na internet uma foto que eradúvida se seria ou não o novo C3, a Citroen decidiu oficialmente revelar as fotos e confirmar o lançamento do modelo para 2010.

novocitroenc3

O carro tem sido muito elogiado por ser um dos mais bonitos que a marca francesa já fez, trazendo modernidade e ainda o teto panoramico como uma ousadia de design, inédito para um hatch pequeno.

novocitroenc3_5

Com 3,94 metros, o novo C3 será 12 cm mais comprido que o modelo atual e 5 cm mais largo e será mostrado no Salão de Frankfurt ainda neste ano para ver a aprovação do público para posterior lançamento.

novocitroenc3_4

Ainda é dúvida de quando ele será lançado para nós, mas há quem diz que a Citroen já está para mudar o modelo comercializado por aqui e aproveitará para fazer um lançamento mundial do carro, podendo até ser fabricado aqui no Brasil.

novocitroenc3_2

E você, o que achou do novo Citroen C3? Dê-nos sua opinião!

Read Full Post »

Com a proximidade das férias escolares, e também do início do inverno, alguns cuidados com o automóvel são especialmente importantes nas viagens e no uso cotidiano nas cidades. No estados do sul do Brasil, onde predominam as temperaturas mais baixas, os cuidados devem ser observados para garantir um funcionamento eficiente e seguro do veículo.

Por isso o portal WebMotors divulga 10 dicas para manutenção e cuidados para os automóveis nesta época do ano:

· Faça uma revisão completa no seu veículo. Vá ao seu mecânico de confiança para checar itens como freio, suspensão, pneus, filtros, nível do óleo, emissão de poluentes, correias, sistema elétrico. E também os principais itens de segurança, como macaco, extintor de incêndio, chave de roda ou kit de reparos emergenciais e pneu estepe.

· Para veículos flexíveis: O carro flex tem um pequeno reservatório de gasolina. Se o tanque estiver abastecido com álcool ou com uma mistura maior de álcool, o sistema usa a gasolina para dar a partida. Para evitar problemas com o sistema de partida a frio, verifique o nível do reservatório e mantenha-o sempre abastecido;

· Verifique o sistema elétrico e partida como a bateria, motor de arranque e alternador. Vá ao seu mecânico de confiança e peça para verificar este conjunto, que é especialmente requerido em dias frios, onde a partida é um pouco mais difícil;

· Verifique as borrachas e mangueiras do motor: No inverno, o ar se torna mais seco e pode ressecar e romper mais facilmente a borracha (que leva água em sua composição). É importante checar esses itens, pois um defeito em uma das mangueiras pode comprometer gravemente o funcionamento do motor;

· Verifique todas as lâmpadas e luzes auxiliares do veículo: usadas principalmente nas viagens à noite e nos casos de forte neblina, comum nesta época. Não esqueça de checar, se houver, a luz de neblina, faróis de milha e repetidores de seta. O mau funcionamento das luzes pode confundir outros motoristas a distância, e comprometer a segurança;

· Nível de água do radiador: Muita gente só se lembra disso no verão, quando a água é mais usada para resfriar o calor do motor. Porém, no inverno, principalmente nas viagens, o radiador também opera em sobrecarga, por isso é preciso verificar o nível de água. Se estiver abaixo do nível mínimo, é sinal de que há problemas no arrefecimento;

· Ligar o ar-condicionado por alguns minutos: Mesmo em dias frios, é importante ligar o ar condicionado para fazer o sistema funcionar. O não-funcionamento pode acarretar perda da eficiência do gás e quebra de peças importantes, como serpentina, condensador e do próprio mecanismo;

· Nível de água do esguicho do limpador: especialmente requerido durante as viagens. A chuva e a garoa são comuns, principalmente em trechos de serra. Antes de ligar o limpador, recomenda-se esguichar a água para melhorar o contato da borracha com o vidro. É preciso manter esse reservatório abastecido, para não comprometer o funcionamento do sistema de limpeza;

· Faça uma limpeza nos vidros, para evitar embaçamento e sujeira: no inverno, a maioria das pessoas circula com os vidros fechados. A condensação do ar que respiramos em contato com o vidro forma gotículas de água que embaçam a superfície do vidro. Utilize uma solução de água com um pouco de álcool nos vidros internos e externos, secando logo em seguida. Essa solução ajuda a desengordurar e limpar os vidros, melhora a visualização e aumenta a segurança;

· Cobertores, principalmente durante as viagens: no caso de alguma pane, a temperatura no interior do carro pode ficar muito baixa em regiões rurais ou serranas. Por isso, leve um cobertor no porta-malas para usá-lo enquanto aguarda um guincho ou socorro mecânico;

Nos sites http://www.agendadocarro.com.br e http://www.agendadamoto.com.br o internauta pode se cadastrar no programa e agendar um check-up gratuito em uma das três mil oficinas credenciadas antes de pegar a estrada nas férias. Além disso, você pode verificar qual é a oficina mais perto da sua casa.

Com o cadastro, o motorista recebe boletins para a manutenção preventiva de seu carro e as mais importantes reportagens sobre o universo automobilístico.

Read Full Post »

Atraída pela propaganda de parcelamento de carros com zero de juros, a PRO TESTE Associação de Consumidores pesquisou os sites de nove montadoras para checar se a venda dos veículos em parcelas realmente não custava mais nada ao consumidor. Como era de se esperar, comprar um veículo a prazo não sai pelo mesmo valor que se desembolsaria à vista.

img_4994

O que acontece é que as empresas não são claras na prestação de informações ao consumidor. E também não estão cumprindo a determinação de anunciar o Custo Efetivo Total (CET) dos financiamentos de forma clara e correta, como determina a lei em vigor há mais de um ano. Ao esconder o CET da transação, as empresas induzem o consumidor ao erro, fazendo-os acreditar que o financiamento não tem custo.

Por isso, ao comprar um veículo ou fazer qualquer outro financiamento, exija o valor do CET. Lembre-se que além de juros, são cobrados o IOF e, em geral, TAC. Verifique também se o contrato de financiamento é via leasing ou CDC (Crédito Direto ao Consumidor). Não se deixe enganar!

Veja o que encontramos ao confrontar as informações disponíveis no material publicitário ao que realmente é cobrado:

(mais…)

Read Full Post »

Réplica do artista plástico Benedict Radcliffe chama atenção pela riqueza nos detalhes

01603662100

Conhecido por fazer réplicas de carro utilizando arames e fios, o artista Benedict Radcliffe decidiu ousar na sua última criação. Ele desenvolveu a réplica de um Lamborghini Countach, um clássico da montadora italiana, em tamanho real. Todo o projeto foi desenvolvido com centenas de metros de fios na cor laranja, com 10 mm de espessura. Para estrear sua obra, o artista decidiu estacionar o carro em uma movimentada rua inglesa, onde diversos curiosos se surpreenderam com a riqueza dos detalhes.

01603662200

Desde os faróis de milha até o aerofólio, tudo é muito bem feito. O próprio artista faz questão de destacar a marca dos pneus inscrita: Pirelli P7, como no carro original. “Já havia desenvolvido um Subaru Impreza, meu carro favorito no game Gran Turismo. Estava na hora de fazer um superesportivo italiano”, brinca Benedict. Ele ainda finaliza comentando o decorrer do projeto: “Apesar de difícil, foi muito divertido pela infinidade de detalhes que o carro oferece”.

Read Full Post »

Geralmente as trocas de óleo dos motores dos veículos seguem a recomendação do fabricante, ou seja, a substituição a cada 15.000km, ou um ano, dependendo do carro. No entanto, o Gerente de Pós Venda da Grand Brasil, Sérgio Queiroz, enfatiza que o carro utilizado severamente, em trânsitos, estradas de terra, frotistas, entre outros, devem ser substituídos a cada 7.500Km ou 6 meses. “O motorista deve estar atento à troca de óleo do motor, principalmente se ele utiliza muito o automóvel, pois os prejuízos com a omissão da troca de óleo são grandes, a substituição correta no tempo certo, mantém a vida útil do motor”, afirma Queiroz. 


Os problemas causados pela desatenção de alguns motoristas, que não trocam o óleo do motor quando realmente precisam, podem causar prejuízos das peças internas, como a bomba de óleo e problemas com os cilindros, por exemplo. “Quando a manutenção não é preventiva, os gastos podem ser altos, em conseqüência de correções, como: borra de óleo no motor, desgastes de peças internas, danos nas tubulações de freio, vazamentos, ineficiência de frenagem, desgaste prematuro de componentes do cambio e muito mais” explica Queiroz.
 
A manutenção deve ser feita seguindo as orientações do manual de garantia, a cada 15.000km, onde alguns serviços preventivos devem ser antecipados, como: troca de óleo a cada 7.500 km, alinhamento da geometria da suspensão a cada 5.000km, limpeza do sistema de bicos injetores a cada 15.000km ou 6 meses.
 
Dicas para troca de outros fluidos
Os fluido dos freios devem ser substituído a cada 2 anos, ou 45.000 km. Assim como o óleo de cambio deve ser substituído a cada 120.000 km rodados. Para o fluido de freio a manutenção é de vital importância, isso porque a troca mantêm a eficiência da frenagem em conjunto com a troca de pastilhas, discos, tambores e lonas, sempre que estas peças estiverem com desgaste. O óleo de cambio é responsável pela lubrificação interna dos componentes e redutor de temperatura das engrenagens e peças internas.

Fonte: Grand Brasil

Read Full Post »

Older Posts »