Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Carros’

O recall, chamado das montadoras de automóveis para corrigir eventuais falhas detectadas em peças ou sistemas de um veículo, não é lembrado pela maioria dos brasileiros.

A análise é resultado de um estudo realizado em março de 2010 pela GfK, quarta maior empresa de pesquisa de mercado no Brasil e no mundo, com 1.000 pessoas a partir dos 18 anos de idade.

De acordo com a pesquisa, 62% dos entrevistados não se lembram de um recall de automóveis, sendo que as mulheres são as que menos se recordam. 71% das entrevistadas do sexo feminino afirmaram não se lembrar da medida; entre os homens o índice é de 51%.

O recall também não está muito presente na lembrança dos jovens. 69% dos entrevistados com idades entre 18 e 24 anos disseram que não se lembravam de um recall.

O estudo mostrou ainda que os entrevistados das classes C e D são os que menos conhecem o recall. 75% reponderam negativamente quando questionados se lembravam de algum recall automotivo; na classe AB o número cai para 48%.

Quando avaliada por região, a recordação de um recall está menos presente no Nordeste. 71% dos entrevistados da região responderam negativamente quando questionados se lembravam de algum recall.

Entre os entrevistados, a marca mais lembrada foi a Fiat, com 14%, seguida da Volkswagen, com 11%, e da Toyota, com 9%. Com menores menções, foram também citadas Nissan, Citroën e Mitsubishi.

Fonte: LVBA Comunicação

Read Full Post »

Inédito no mercado financeiro, a meta do HSBC para o produto é realizar a primeira assembléia do grupo de consorciados ainda este ano.

O HSBC acaba de lançar o primeiro consórcio de automóveis importados do setor financeiro. Voltado para o público de alta renda, correntistas ou não, o produto tem créditos disponíveis entre R$ 119,5 mil e R$ 234 mil com referência nos modelos das marcas Audi, Mercedes-Benz, BMW, Mini Cooper e Volkswagen. A taxa de administração é de 10% no período, uma das menores do mercado, e o plano de pagamento é de até cem meses. Ao contratar o consórcio, o cliente tem incluído um de seguro de vida. Em caso de morte ou invalidez permanente, o plano é quitado e os valores são devolvidos ao beneficiário do consorciado.

Serão três contemplações por mês: uma por sorteio e duas por lance (dependendo da disponibilidade financeira do grupo), sendo que o cliente pode utilizar até 40% do valor total do crédito como lance.

Para Antônio Barbosa, diretor de Consórcio e Crédito Imobiliário do HSBC, “Com o dólar em queda, a venda de automóveis importados aumentou 30% de janeiro a outubro deste ano se comparado ao mesmo período de 2008. Esperamos, com este novo consórcio, atender essa crescente demanda de clientes que, normalmente, já possuem automóvel e casa própria e querem realizar o sonho de ter um carro de luxo.”

Read Full Post »

Comerciantes usam internet para se aproximarem dos consumidores.

O mercado de veículos seminovos aos poucos busca se recuperar da crise que atingiu o setor. Além da crise financeira mundial, a limitação de crédito e a desvalorização dos veículos usados frente a redução do IPI para os novos, fizeram com que os lojistas amargassem com seus estoques e tivessem prejuízos.

O setor ainda representa retração, mas os números vêm melhorando a cada mês.

Os dados da Fenabrave mostram que em julho deste ano as vendas caíram 9,56% se comparadas ao mês anterior. E quando se olha o comparativo anual, a retração de julho foi de 5,6% com relação ao mesmo mês de 2008. Entretanto os resultados são bem melhores do que os apresentados no começo deste ano, com queda de 23,65% em janeiro.

Segundo pesquisa realizada pelo portal Carro e Cia (www.carroecia.com.br) com revendedores de seminovos, a melhora tem sido sentida de forma bem sutil, já que com a redução do IPI os consumidores estão a procura de carros 0 km.

De acordo com a lei da oferta e da procura, o preço dos seminovos caiu significativamente e tanto representantes do setor, como lojistas estão de acordo de que o valor é o melhor atrativo nessa hora. O consumidor pode aproveitar este momento para fechar bons negócios. O preço do carro usado caiu a uma média de 0,81%. Os populares, que representam 75% das vendas, tiveram uma redução de 0,46%, soma-se a isso a queda nas taxas de juros e facilidade de crédito.

Para não perder nenhum negócio e ajudar na retomada do crescimento do setor, os comerciantes não podem perder o foco no cliente. Para isso, muitos usam ferramentas de internet, que tem ajudado a aproximar lojistas de compradores. “É importante que em tempos de crise, e na recuperação posterior do mercado, o consumidor tenha acesso a informações de produtos disponíveis nas lojas, só assim ele terá um incentivo para efetivar o negócio. Hoje a internet faz muito bem esse papel, pois a maioria dos consumidores, antes de ir à loja, busca informações na rede e já chega bem informado sobre a disponibilidade do produto que ele deseja, sabe a faixa de preço e condições de pagamento”, afirma o diretor do portal Carro e Cia, Antonio Carlos Lopes.

Por meio de mensagens e e-mail, os internautas entram em contato com o lojista, obtém as informações, agendam visitas, test-drives e até fecham negócios. Além disso, o portal Carro e Cia disponibiliza o Leilão ao Contrário para aproximar esses públicos. Nele o consumidor manda para todas as lojas cadastradas a informação de que carros ele tem interesse, e o lojista oferece seus produtos. Por dia são cerca de 30 mensagens de interessados em comprar veículos. Com isso, os comerciantes conseguem efetuar negócios importantes e alavancar as vendas da loja.

tfollow

Read Full Post »

O recorde no licenciamento de veículos flex novos no Brasil, estabelecido no primeiro semestre deste ano, consolida em definitivo a preferência do consumidor pelo etanol, avalia a União da Indústria de Cana de Açúcar (UNICA).
Segundo os dados divulgados na segunda-feira (06/07/2009) pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), foram emplacados mais de 1,2 milhão de veículos flex, o que representa 92% do todos os automóveis e veículos comerciais leves (ciclo Otto, que exclui motores a diesel) emplacados no período.
Os números mostram um crescimento de 5% nos licenciamentos de modelos bicombustível de janeiro a junho de 2009, em comparação ao mesmo período do ano passado.

“Vivemos uma situação de preferência irreversível dos consumidores pelo carro flex, uma opção sustentável, econômica, que gera empregos e desenvolve a indústria nacional”, avaliou Marcos Jank, presidente da UNICA.

Segundo Antonio de Padua Rodrigues, diretor técnico da UNICA, é importante notar que, enquanto a demanda por gasolina no semestre manteve-se estável, a de etanol hidratado subiu fortemente, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). “Isto ratifica o aumento da frota dos carros flex neste semestre”, avaliou Padua.


Histórico

O carro flex foi lançado no mercado brasileiro em março de 2003. De lá para cá, a participação de mercado destes veículos só tem aumentado. A aceitação foi tamanha que, hoje, algumas montadoras sequer produzem automóveis exclusivamente a gasolina, mas somente flex. São 11 montadoras instaladas no Brasil, que oferecem quase 70 modelos deste modelo.

A mais nova fabricante a lançar um carro flex foi a Nissan, com a minivan Livina introduzida este ano. Mais recentemente, a Mitsubishi, que já produz o TR4 bicombustível, anunciou o lançamento em agosto do Pajero Sport Flex, único utilitário (SUV) flex com motor de seis cilindros, o mais pontente já produzido nesta categoria no Brasil.

Em termos de tecnologia, a última novidade foi o novo Polo, da Volkswagen, sem o tradicional tanque de injeção a gasolina, funcionando exclusivamente com etanol. A montadora pretende adotar a mesma tecnologia em outros modelos nos próximos meses.

Read Full Post »

Para quem não sabe, aqui em Belo Horizonte existe um feirão de carros usados todo domingo no estacionamento do Estádio do Mineirão. Visto isso, estão sendo investigadas denúncias que teriam chegado ao gabinete do deputado Délio Malheiros de que está para ser realizada “ilegal e sem autorização do poder público, uma feira de automóveis naquele local”.

usados-blog

No caso, a denúncia se refere à pretensão da Administração de Estádios de Minas Gerais (Ademg), de estender a feira que já se realiza no domingo há mais de 10 anos, para o sábado. Para a presidente da Associação dos Moradores dos Bairros São Luiz e São José, Juliana Renault Vaz, a feira traz inúmeros transtornos, como poluição sonora e lixo, além de brigas e violência contra os moradores. “Quando tomamos conhecimento do projeto de se estender a feira para o sábado, a Ademg informou que havia feito consulta aos moradores e autorizado o funcionamento. Mas não aconteceu nem uma coisa nem outra, o que levou à paralisação temporária do projeto”, disse.

Com este movimento, os moradores acabaram descobrindo que nem a feira do domingo é legalizada. “Vamos discutir exatamente estes pontos, as vantagens e desvantagens, a poluição, a violência, o faturamento e o que é feito com o dinheiro arrecadado”, garantiu Délio Malheiros

A audiência será realizada nesta quarta-feira (1º/7/09), às 10h, no Plenarinho I.. Moradores e representantes de órgãos públicos foram convidados para os debates.

Foto meramente ilustrativa: blogautoestrada

Read Full Post »

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente de São Paulo, a Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental – CETESB e a Polícia Rodoviária Federal, com o apoio da CCR NovaDutra, realizaram nesta quarta-feira (24), a operação de fiscalização “Fumaça Preta”, das 09h00 às 15h00, no km 85 da via Dutra, em Roseira (SP).

A operação fiscalizou ônibus, vans e caminhões, verificando o nível de emissão de fumaça preta no meio ambiente. Este foi o primeiro grande comando realizado neste ano, dando início à Operação Inverno 2009, período em que aumenta a concentração de poluentes por causa das condições climáticas.

Na ação realizada na rodovia foram fiscalizados 1.409 veículos, dos quais 14 apresentavam irregularidades e foram autuados. Além da via Dutra, a fiscalização aconteceu em outros 15 pontos de acesso à capital paulista.

O valor da multa ambiental é de 951 reais, no entanto, durante o período da Operação Inverno, que se encerra no final de setembro, os veículos multados podem reduzir em até 70% o valor da penalidade se efetivarem e comprovarem a realização da manutenção do veículo.

Sobre a CCR NovaDutra: A CCR NovaDutra é responsável pela administração da Rodovia Presidente Dutra, via com 402 quilômetros de extensão e que liga as duas regiões metropolitanas mais importantes do País: Rio de Janeiro e São Paulo. A rodovia abrange uma região altamente desenvolvida, que responde por cerca de 50% do PIB brasileiro. A concessionária tem 13 anos de existência e foi a segunda a integrar o Grupo CCR.

Read Full Post »

Afim gerar energia para dentro do estabelecimento, um supermercado britânico está planejando fazer algumas instalações no seu estacionamento de carros com várias placas sobre o chão, e quando um carro passar por cima delas, o seu peso empurra a placa para baixo, gerando energia cinética!

estacionamentogeraenergiaeletrica_sc

Isto seria capaz de gerar até 30 kw por hora – que é mais que suficiente para alimentar este supermercado

Fica aí a dica e o exemplo do Supermercado!

Read Full Post »

Older Posts »