Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘compra’

O Chrysler Group LLC e o grupo Fiat anunciaram ontem, que finalizaram sua aliança estratégica global previamente anunciada, formando uma “nova” Chrysler que possui os recursos, tecnologia e rede mundial de distribuição necessários para competir eficazmente em escala global. A nova Chrysler vai começar as operações imediatamente.

fiatchrysler_sc

Como parte da aliança, a Fiat vai contribuir para a Chrysler com sua tecnologia de classe mundial, plataformas e motores para automóveis pequenos e médios, permitindo à empresa oferecer uma linha de produtos expandida, incluindo veículos amigáveis ao meio ambiente cada vez mais procurados pelos consumidores. A Chrysler também vai se beneficiar dos conhecimentos da Fiat em gestão empresarial para reverter o negócio e acesso à rede de distribuição internacional da Fiat com especial foco na América Latina e Rússia.

“Este é um dia muito importante, não só para a Chrysler e seus dedicados colaboradores, que perseveraram num período de incerteza durante o ano passado, mas para a indústria automotiva mundial como um todo”, disse Sergio Marchionne, que hoje foi nomeado CEO – Chief Executive Officer do Chrysler Group LLC. “Desde o início, estivemos inflexíveis que esta aliança deve ser um passo construtivo e importante para a resolução dos problemas que estão impactando nossa indústria. Nós agora pretendemos estabelecer um novo paradigma sobre como as companhias automotivas podem operar lucrativamente daqui para frente.”

Marchionne continuou:”Temos a intenção de construir baseado na cultura de inovação da Chrysler e na tecnologia e know-how da Fiat e conhecimentos para expandir o portfólio de produtos da Chrysler tanto na América do Norte como no exterior. As operações da Chrysler assumidas pela nova companhia, que foram suspensas durante este processo, estarão em breve de volta a operar, e o trabalho já está em andamento no desenvolvimento de veículos amigáveis ao meio ambiente, eficientes no consumo de combustível e de alta qualidade, que temos a intenção de tornar a marca da Chrysler daqui para frente.”

“Os mesmos atributos que primeiro nos atraíram para esta aliança – uma empresa automotiva global com tecnologia de primeira classe, uma dedicada força de trabalho, eficiência aprimorada, uma forte rede de distribuição global e uma obstinada paixão por fabricar ótimos carros que os consumidores querem – são ainda mais verdadeiros hoje. Enquanto isso não resolve todas as questões enfrentadas hoje pela indústria automotiva, esta aliança, estabelecida com o total apoio da Administração do Presidente Obama, é um passo muito significativo para posicionar a Fiat e a Chrysler para serem líderes da próxima geração de montadoras mundiais. Eu sei que este tem sido um processo difícil para todos os envolvidos, mas estamos prontos para provar ao consumidor americano que a Chrysler pode voltar a ser uma companhia forte e competitiva, que produz um completo portifólio de veículos confiáveis que prendem a imaginação e inspiram lealdade”, disse Marchionne.

Nos termos aprovados pelo Tribunal Americano de Concordata em Nova York e vários orgãos reguladores e antitruste, a empresa, anteriormente conhecida como Chrysler LLC, hoje formalmente vendeu praticamente todos os seus ativos, excluindo algumas de suas dívidas e passivos, para uma nova empresa que irá operar como Chrysler Group LLC.

O Chrysler Group, por sua vez, deliberou para uma subsidiária da Fiat uma participação de 20% na nova companhia. A Fiat também entrou em uma série de acordos necessários para transferir certas tecnologias, plataformas e motores para a nova Chrysler. A participação da Fiat poderá aumentar até um total de 35% no caso de certas metas mandatórias definidas no acordo serem atingidas, mas a Fiat não poderá obter uma participação majoritária na Chrysler até que os empréstimos do Governo Americano e Canadense sejam liquidados.

Do mesmo modo, a Associação de Benefícios Médicos dos Trabalhadores Automotivos Aposentados, uma associação beneficiária voluntária dos empregados (VEBA), terá uma participação na Chrysler equivalente a 55%. O Tesouro Americano e o Governo Canadense terão, respectivamente, uma participação equivalente a 8% e 2%. Estes percentuais refletem a distribuição antecipada das partes, como resultado do potencial aumento da participação da Fiat uma vez atingidas as metas definidas no acordo da aliança estratégica.

A nova Chrysler será gerida por um Conselho de Diretores com nove membros, composto de três diretores nomeados pela Fiat, entre eles Sergio Marchionne, CEO da Fiat e agora da nova Chrysler, quatro diretores a serem nomeados pelo Governo Americano, um diretor nomeado pelo Governo Canadense e um diretor nomeado pela Associação de Benefícios Médicos dos Trabalhadores Automotivos Aposentados. O Conselho deverá nomear Robert Kidder como presidente do Conselho. O processo de determinação de membros adicionais para o conselho é contínuo e atualizações serão anunciadas conforme apropriado.

Como anteriormente anunciado, a Chrysler, entrou em um acordo com a GMAC Financial Services para fornecer financiamento automotivo para produtos e serviços para concessionários e clientes da companhia na América do Norte (NAFTA). A GMAC Financial Services será a financiadora preferencial na América do Norte para concessionários e consumidores das marcas Chrysler, Jeep ® e Dodge, incluindo venda de veículos novos e usados no atacado, bem como no varejo.

Read Full Post »

Atraída pela propaganda de parcelamento de carros com zero de juros, a PRO TESTE Associação de Consumidores pesquisou os sites de nove montadoras para checar se a venda dos veículos em parcelas realmente não custava mais nada ao consumidor. Como era de se esperar, comprar um veículo a prazo não sai pelo mesmo valor que se desembolsaria à vista.

img_4994

O que acontece é que as empresas não são claras na prestação de informações ao consumidor. E também não estão cumprindo a determinação de anunciar o Custo Efetivo Total (CET) dos financiamentos de forma clara e correta, como determina a lei em vigor há mais de um ano. Ao esconder o CET da transação, as empresas induzem o consumidor ao erro, fazendo-os acreditar que o financiamento não tem custo.

Por isso, ao comprar um veículo ou fazer qualquer outro financiamento, exija o valor do CET. Lembre-se que além de juros, são cobrados o IOF e, em geral, TAC. Verifique também se o contrato de financiamento é via leasing ou CDC (Crédito Direto ao Consumidor). Não se deixe enganar!

Veja o que encontramos ao confrontar as informações disponíveis no material publicitário ao que realmente é cobrado:

(mais…)

Read Full Post »

Quando joga games de corrida, você se vê escolhendo veículos que você teve no passado ou atualmente? Parece meio estranho, mas o que acontece é realmente ao contrário. Pessoas que jogam alguns jogos populares como Gran Turismo e Project Gotham Racing mostram muito mais interesse em adquirir o seu futuro carro baseado no que ele jogou no mundo virtual.

gran_turismo_5_prologue_pics_140 

O jornal Financial Post fez uma pequisa recentemente que conduziu pessoas na frente de um console de video-game em que tinham simuladores de carro rodando. Outras pessoas foram colocadas em outra sala separada em que o jogo era apenas mostrado na TV, mas não jogado. Depois de um tempo os dois grupos responderam a certas perguntas e o resultado veio. Aqueles que jogaram o video game responderam que tem mais de 50% de chance de comprar o carro que usaram naquela hora do que os que apenas viram o jogo rodar na TV. 

Apesar de não provar nada, os resultados são válidos somente no exterior em que os carros presentes nos jogos não são tão caros como aqui. Mas serve para as montadoras ficarem ligadas. O estimado que elas gastem com propaganda em video-games nos próximos anos mais de $1.8 bilhões.

E você, acha isso válido também?

Confira o trailer de Gran Turismo 5: Prologue

Fonte: Autoblog

Read Full Post »