Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘economia’

Afim gerar energia para dentro do estabelecimento, um supermercado britânico está planejando fazer algumas instalações no seu estacionamento de carros com várias placas sobre o chão, e quando um carro passar por cima delas, o seu peso empurra a placa para baixo, gerando energia cinética!

estacionamentogeraenergiaeletrica_sc

Isto seria capaz de gerar até 30 kw por hora – que é mais que suficiente para alimentar este supermercado

Fica aí a dica e o exemplo do Supermercado!

Read Full Post »

Uma invenção de um adolescente israelense poderá revolucionar a indústria automobilística. Trata-se de um dispositivo que, instalado no motor do carro, economiza 40% do combustível, além de tornar o veículo mais potente. Batizado como Z5, esse dispositivo é feito a partir de uma liga metálica especial e atua mudando o modo como o ar entra na câmara de combustão. Ele foi inventado por Zion Badash em 2007, quando ele tinha apenas 16 anos.


O mecanismo pode ser usado em motores de carros novos, velhos, flex e diesel e custa US$ 208 a unidade. O dispositivo está sendo comercializado, via internet, pela empresa do cunhado de Badash, Eli Mor, sediada em Tel Aviv e com um ponto de revenda na Turquia. Mor diz que a empresa está negociando com grandes montadoras, como a Ford e a Mazda. Para ele, a economia de combustível que a invenção proporciona é o seu maior atrativo, principalmente pelo seu aspecto ambiental.


Read Full Post »

A Renault do Brasil apresenta a mais nova versão do sedã compacto premium da marca, o Renault Symbol. A partir de agora, o modelo passa a contar com mais uma opção de motorização, a 1.6 8V Hi-Torque. 

symbol_imagem_22

Ele será comercializado numa única versão de acabamento Expression, que inclui, volante e banco do motorista com regulagem de altura, sistema CAR, que garante o travamento automático das portas a partir dos 6 km/h; vidro dianteiro e travas elétricos, brake-light, bolsas do tipo canguru atrás dos bancos dianteiros, alarme perimétrico e desembaçador de vidro traseiro, ar-condicionado, direção hidráulica e air-bag duplo, além da da garantia de 36 meses.

symbol_imagem_19

O motor 1.6 8V Hi-Torque sob o capô do Symbol é produzido na Fábrica de Motores, instalada no Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais (PR). Este propulsor equipa outros modelos da marca à venda no País, e já mostrou confiabilidade e robustez. São 92 cavalos de potência máxima, com gasolina, e 95 cv com álcool (5.250 rpm). O torque máximo chega a 13,7 kgfm (gasolina) e 14,1 kgfm, com álcool (2.850 rpm).

Alimentado com álcool, o Renault Symbol 1.6 8V Hi-Torque precisa de 11,9 segundos para ir de 0 a 100 km/h. Com gasolina, são 12,2 segundos. A velocidade máxima do modelo é de 175 km/h (álcool) e 173 km/h (gasolina).

Os preços para a versão é o seguinte:

Renault Symbol Expression 1.6 8V Hi-Torque = R$ 39.990,00

Opcionais:
Pintura Metálica – R$ 850,00
Opcional Pack* – R$ 800,00
Freios ABS – R$ 1.500,00

Read Full Post »

Respondendo a afirmação da Volkswagen em um comercial do Novo Gol de que o carro faria São Paulo-Brasilia com um tanque (o que é controverso, veja comercial clicando aqui), sendo então o mais econômico do Brasil, a Fiat respondeu à altura, e lança um desafio para o Mille Economy.

testeconsumomille

A idéia foi de Celso Ferlauto, piloto de competição e renomado jornalista do setor automotivo, percorrer os quase 1.800 km de distância da fábrica da Fiat, em Betim (MG), até a capital gaúcha em Porto Alegre (RS), fazendo um teste prático de consumo, como um cliente comum. Passando pelos mais diversos tipos de relevo (o que para o Novo Gol, foi somente terreno plano), além de enfrentar condições de tempo com chuvas pesadas, sol escaldante e estradas com obras e tráfego intenso.

testeconsumomille2

Com bagagem e dois ocupantes somando cerca de pouco mais de 200 kg, o Fiat Mille Fire Economy percorreu 1.791 km em dois dias, com apenas paradas de abastecimento e alimentação, além de uma parada em Curitiba (PR) para o descanso da equipe.

testeconsumomille3

De Betim a Curitiba, utilizando a Rodovia Fernão Dias, em velocidade máxima de 100 km/h, foi atingida, usando 100% álcool como combustível, a média de 12,26 km/l a uma média horária de 80,7 km/h. “Uma boa média se considerarmos que este foi o trecho mais complicado, com muitos aclives, tráfego intenso de caminhões e um alto índice de curvas”, afirma Ferlauto. Neste primeiro dia, além do relevo, o sol e o calor foram os principais obstáculos a serem vencidos.

No segundo trecho, de Curitiba a Porto Alegre, o carro fez velocidade máxima de 120 km/h e média de 17,84 km/l e 82,8 km/h.

E será que as montadoras não vão parar de discutir qual é o mais econômico? Hoje em dia qualquer carro é econômico (os populares), basta você saber dirigir.

Read Full Post »

Parece que a conscientização  está cada vez mais presente na mente do ser humano.

O mundo hoje vive a espectativa de que vamos poluir sempre menos o meio ambiente e as principais indústrias automobilísticas já estão se movendo para isso. Porém, produzir carros que poluem menos, ainda são carros que poluem.

Hyundai City Car

Não são só os automóveis que são os poluidores, mas covenhamos que eles ajudam bastante a degradar cada vez mais. Agora imagine se o que as indústrias poluissem, os automóveis revertessem a situação? Pois parece que esse sonho não está muito longe de acontecer, graças a um estudante norte americano, chamado Nicolas Stone com patrocínio da Hyundai.

O carro conceito está em fase de testes em Massachusets, mas o que deixaram claro é  a carroceria do veículo composta de paineis solares transparentes, que captam os raios solares para transformá-los em eletricidade. Essa energia vai para um tanque que separa o hidrogênio do oxigênio, deixando o primeiro para mover o carro e o segundo elemento ser expelido pelo carro, ou seja, um efeito de fotossíntese.

Por enquanto o modelo é ainda uma promessa, mas ao que tudo indica o City Car ( como é chamado ), está prestes a se tornar o carro do futuro.

Hyundai City Car

Fonte: Hyundai

Read Full Post »

Buscando investir para deixar seus produtos mais atraentes e competitivos, a Fiat parte do sucesso da versão Economy do Mille Fire e Way e estende o conceito para o modelo 2010 de seu também sucesso de vendas Palio Fire, nas versões 2 e 4 portas.

paliofireeconomy3

O Fiat Palio Fire Economy ganha motor 1.0 Fire Flex que estreou no Novo Siena (já atende os níveis de emissões de poluentes que entram em vigor no Brasil agora em 2009 – Fase V Proconve), mas com uma calibração específica que visa melhorar ainda mais a redução de consumo de combustível (ficando 9% mais econômico). E para ter ainda mais economia, o modelo chega também com um indicador analógico de consumo instantâneo, o Econômetro.

paliofireeconomy1

O novo motor 1.0 Fire Flex desenvolve 73cv com 100% de gasolina e torque máximo de 9,5kgm; utilizando 100% de álcool, sua potência é de 75cv, e  torque de 9,9 kgm. Isso representa ganho de 8 cavalos de potência com gasolina e 9cv com álcool em relação ao modelo anterior.

Além das mudanças interiores, no exterior o modelo também traz novidades, a nova sigla Economy, grade dianteira pintada na cor do veículo, pára-choques com parte inferior na cor cinza, além disso, passa a ter de série a Brake light.

palioeconomyint

Com isso, o preço do Palio Fire Economy 1.0 Flex 2 portas sai por R$24.290 e a versão 4 portas por R$25.860.

Fonte: Press Release Fiat

Read Full Post »