Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘gp do brasil’

Durante todos os dias do evento, uma mini usina de reciclagem esteve em funcionamento para recuperar o plástico descartado, transformá-lo em troféus e entregar como prêmio aos vencedores da prova de Fórmula 1. Essa operação envolve as seguintes etapas: coleta seletiva e triagem a serem executadas pela Cooperativa; e moagem, secagem, extrusão e usinagem do troféu. O processo para a produção da resina reciclada ficou sob o comando da Fortymil, a usinagem do troféu sob responsabilidade da Romi e a equipe técnica da Braskem coordena todo o processo para a produção do troféu. A Coopercaps também cuidou do excedente coletado, para promoção do seu reuso para outras finalidades.

trofeu3

 

“Com essa ação, além de mostrar na prática que o plástico, presente em nosso dia a dia, é 100% reciclável e 100% reutilizável, também queremos demonstrar a importância da coleta seletiva para minimizar os impactos ambientais”, destaca Jorge Soto, diretor de Desenvolvimento Sustentável da Braskem, lembrando que hoje a reciclagem é um tema de crescente relevância em relação aos aspectos ambiental e social. Segundo dados da Plastivida, atualmente o Brasil recicla 21% do plástico que produz, enquanto a média da União Européia é de 18,3% e da Alemanha, recordista mundial de reciclagem mecânica, é de 31%. 

O troféu deste ano foi uma reedição do desenho desenvolvido em 2008 pelo mestre brasileiro da arquitetura, Oscar Niemeyer, por sua beleza e originalidade. O design foi inspirado nas colunas do Palácio da Alvorada e, segundo seu criador, seguiu o mesmo caminho de elaboração de uma obra de arte, concebida para despertar emoção, surpresa e, desta vez, com a vantagem da reciclagem.  A participação da Braskem na F1 surgiu com a W/, que ano passado teve a idéia de usar o Polietileno Verde no GP Brasil com a produção do  troféu de plástico 100% renovável. E neste ano inovou ao sugerir a produção in loco do troféu de plástico reciclado.

 

tfollow

Read Full Post »

A Multi Solution é a agência responsável pela criação da campanha de divulgação do acordo de patrocínio entre a cerveja Itaipava e a equipe Brawn GP para a 38ª edição do Grande Prêmio do Brasil. A prova está marcada para o dia 18 de outubro, no Autódromo de Interlagos – José Carlos Pace, em São Paulo (SP).
Os anúncios destacam que “lugar de piloto é na pista, se beber não dirija”, slogan que faz parte da campanha de responsabilidade ao volante promovida pela Cervejaria Petrópolis. Outra estratégia adotada pela agência foi a criação de uma exposição itinerante, na qual um carro da Brawn GP percorrerá durante sete dias (de 11 a 17 de outubro) os principais pontos-de-venda da cerveja, em São Paulo. Também foram criadas peças para complementar a campanha, como selo conceito, hotsite e kit trade (adesivo, banner, card com autógrafo dos pilotos).
A programação de mídia, que começa esta semana e vai até outubro, inclui a veiculação nas Revistas Caras, IstoÉ Gente, Quem, Época, UM, Sexy, Joyce Pascowitch, Rolling Stone, Play Boy, Vip, Época S. Paulo, Lounge, Vogue RG e IstoÉ.
O acordo também prevê que os dois carros do time e os capacetes dos pilotos – o inglês Jenson Button e o brasileiro Rubens Barrichello – levem a marca Itaipava, além de várias ações de ativação do patrocínio.
A marca Itaipava sempre marcou presença nos principais campeonatos de automobilismo do País e usa o esporte como a plataforma para levar ao público sua mensagem. Com esta parceria, a Cervejaria Petrópolis pretende potencializar a estratégia da marca, que tem como alvo principal a questão do consumo responsável.

Read Full Post »