Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘jenson button’

Durante todos os dias do evento, uma mini usina de reciclagem esteve em funcionamento para recuperar o plástico descartado, transformá-lo em troféus e entregar como prêmio aos vencedores da prova de Fórmula 1. Essa operação envolve as seguintes etapas: coleta seletiva e triagem a serem executadas pela Cooperativa; e moagem, secagem, extrusão e usinagem do troféu. O processo para a produção da resina reciclada ficou sob o comando da Fortymil, a usinagem do troféu sob responsabilidade da Romi e a equipe técnica da Braskem coordena todo o processo para a produção do troféu. A Coopercaps também cuidou do excedente coletado, para promoção do seu reuso para outras finalidades.

trofeu3

 

“Com essa ação, além de mostrar na prática que o plástico, presente em nosso dia a dia, é 100% reciclável e 100% reutilizável, também queremos demonstrar a importância da coleta seletiva para minimizar os impactos ambientais”, destaca Jorge Soto, diretor de Desenvolvimento Sustentável da Braskem, lembrando que hoje a reciclagem é um tema de crescente relevância em relação aos aspectos ambiental e social. Segundo dados da Plastivida, atualmente o Brasil recicla 21% do plástico que produz, enquanto a média da União Européia é de 18,3% e da Alemanha, recordista mundial de reciclagem mecânica, é de 31%. 

O troféu deste ano foi uma reedição do desenho desenvolvido em 2008 pelo mestre brasileiro da arquitetura, Oscar Niemeyer, por sua beleza e originalidade. O design foi inspirado nas colunas do Palácio da Alvorada e, segundo seu criador, seguiu o mesmo caminho de elaboração de uma obra de arte, concebida para despertar emoção, surpresa e, desta vez, com a vantagem da reciclagem.  A participação da Braskem na F1 surgiu com a W/, que ano passado teve a idéia de usar o Polietileno Verde no GP Brasil com a produção do  troféu de plástico 100% renovável. E neste ano inovou ao sugerir a produção in loco do troféu de plástico reciclado.

 

tfollow

Anúncios

Read Full Post »

Button vem se destacando junto a equipe Brawn GP nessa temporada de estréia na Fórmula 1. E assim, o líder do mundia de pilotos mais uma vez se fez presente e foi o mais rápido nos primeiros treinos livres para o GP da Espanha, que será realizado nesse domingo.

Jenson Button, pela Brawn GP

Jenson Button, pela Brawn GP

Entre os brasileiros, o que mais se destacou foi o pressionado Nelsinho Piquet, que garantiu o a sétima posição e o que mais impressiona, a frente de Alonso, que corre em casa.

Massa ficou em nono, seguido de Barrichelo, décimo.

O négocio é que quando é pra valer, a história toma outro rumo. Vale esperar para o treino classificatório e a corrida.

Confira abaixo os melhores tempos desse treino:

1 – Jenson Button (ING/Brawn-Mercedes) – 1m21s799 (21 voltas)
2 – Jarno Trulli (ITA/Toyota) – 1m22s154 (30)
3 – Robert Kubica (POL/BMW Sauber) – 1m22s221 (24)
4 – Nick Heidfeld (ALE/BMW Sauber) – 1m22s658 (14)
5 – Kazuki Nakajima (JAP/Williams-Toyota) – 1m22s659 (24)
6 – Nico Rosberg (ALE/Williams-Toyota) – 1m22s667 (26)
7 – Nelsinho Piquet (BRA/Renault) – 1m22s753 (24)
8 – Timo Glock (ALE/Toyota) – 1m22s828 (29)
9 – Felipe Massa (BRA/Ferrari) – 1m22s855 (15)
10 – Rubens Barrichello (BRA/Brawn-Mercedes) – 1m22s859 (24)
11 – Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) – 1m22s873 (20)
12 – Mark Webber (AUS/RBR-Renault) – 1m22s934 (25)
13 – Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) – 1m22s959 (24)
14 – Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) – 1m23s077 (21)
15 – Sebastien Bourdais (FRA/STR-Ferrari) – 1m23s088 (30)
16 – Giancarlo Fisichella (ITA/Force India-Mercedes) – 1m23s089 (25)
17 – Fernando Alonso (ESP/Renault) – 1m23s157 (18)
18 – Sebastien Buemi (SUI/STR-Ferrari) – 1m23s185 (31)
19 – Heikki Kovalainen (FIN/McLaren-Mercedes) – 1m23s522 (17)
20 – Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) – 1m23s536 (19)

Read Full Post »

Uma das mais emocionantes temporadas já vistas da Formula 1 deu no que falar. E muito se falou foi sobre uma certa decepção na última prova do ano: o grito de campeão durante poucos segundos, aquele que estava seco na garganta do brasileiro desde Ayrton Senna mas que não foi dessa vez. O que abalou foi a polêmica ultrapassagem de Hamilton sobre Glock – muitos dizem que o alemão teria deixado o inglês passar – e sua conquista pelo título mundial.


O vídeo se passa sobre todas as 18 provas da temporada, mas uma emoção especial fica no último minuto, que nos faz relembrar Interlagos e a tensão e comemoração vivida por todos ali presentes.

Confira:

Fonte: Vimeo
Foto: globoesporte.com

Read Full Post »