Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘revisionado’

A verificação dos freios deve ser feita a cada 10 mil quilômetros ou um ano e garante a segurança em frenagens

O sistema de freios, como componente de segurança ativa dos veículos, exige manutenção periódica e realizada por profissionais capacitados. O desgaste das peças que formam este sistema compromete a resposta rápida dos freios, aumentando a distância de parada, podendo causar sérios acidentes. A ATE Freios, marca da Continental Brasil Indústria Automotiva, alerta para a correta verificação e reparo dos freios.

O fluido de freio deve ser substituído por completo a cada 10 mil quilômetros rodados ou um ano. O condutor deve ficar atento para que o tipo de fluido corresponda com o descrito no manual de proprietário do veículo. Outro ponto importante é que se o mesmo estiver abaixo da marca “máximo” do reservatório pode indicar desgaste de pastilhas e/ou sapatas. O fluido abaixo da marca “mínimo” pode ser consequência de vazamentos, o que deve ser rapidamente resolvido em uma oficina de confiança.

Uma prática comum e incorreta é completar o reservatório de fluido de freio quando o mesmo estiver abaixo do nível. O fluido é higroscópico, ou seja, tem a capacidade de absorver água e umidade com o passar do tempo. Quando está submetido a grandes esforços, como trânsito intenso, sua temperatura se eleva, transformando a água em bolhas de ar. Estas bolhas podem causar falhas quando o freio for acionado. O ato de completar o fluido contamina o produto novo com o velho, que já está com alto índice de umidade.

Outra dica da ATE Freios é com relação à posição do pedal de freio. Caso o condutor não sinta resistência alguma quando pisa fundo no freio ou o pedal esteja baixo, cedendo cada vez mais, poderá ser falha no circuito hidráulico (vazamentos ou problema no cilindro mestre) ou formação de bolhas de ar no sistema. Os dois problemas também exigem rápida manutenção.

Read Full Post »